História da Engenharia Mecânica

A história da engenharia mecânica se divide em varias épocas e tem sido primordial na evolução da tecnologia.
Nesse trabalho será apresentado um breve resumo da história da engenharia mecânica, de sua evolução e do que isso tem representado para a humanidade afinal a engenharia mecânica é conhecida por facilitar processos que antes eram feitos a mão pelo homem ou até mesmo eram impossíveis sem a ajuda de maquinas e hoje são tão comuns que nem paramos pra pensar em como isso funciona.Por isso o papel do engenheiro mecânico é tão importante, pois trás conforto e agilidade para as tarefas do dia-a-dia.
A História da Engenharia Mecânica é muito importante e em alguns momentos chega até a se confundir com a história da humanidade.

A História da Engenharia Mecânica

A Engenharia Mecânica está na base de qualquer equipamento ou aparelho que se movimente, desde uma gigantesca turbina hidrelétrica ao mais rudimentar dos brinquedos. Não por acaso, a origem dessa ciência remonta àquela que talvez seja a mais simples e, ao mesmo tempo, a mais importante das tantas descobertas do homem: a roda.
Considerado o mais versátil de todos os engenheiros, esse profissional se envolve na concepção, análise, fabricação, controle, organização, gestão e manutenção dos mais variados equipamentos industriais. Os primórdios da Engenharia Mecânica surgem com as primeiras tentativas que o homem fez no sentido de transformar o mundo.
Com a notável evolução dos meios de comunicação e da informática, o engenheiro mecânico tem sido, aliás, cada vez mais exigido em suas funções.
Para corresponder às exigências da sociedade, o engenheiro mecânico deve possuir sólida formação científica, tecnológica e profissional. Isso significa ser eficaz e eficiente no emprego de recursos humanos e financeiros para a transformação de recursos naturais em bens. Do ponto de vista social, ele é o profissional do conforto, isto é, a sua principal função é criar meios e métodos para diminuir o peso e a intensidade do trabalho físico humano.Entendendo a função de um engenheiro mecânico certamente fica mais fácil entender a história dessa profissão.
A invenção da roda certamente foi o primeiro passo em direção à constituição da Engenharia Mecânica. Da mesma forma, deram sua contribuição os cientistas que a partir do Renascimento aceleraram as descobertas das leis da natureza. Galileu Gallilei (1564-1642) explicou vários fenômenos, como a queda dos corpos, o movimento dos projéteis, a oscilação do pêndulo e alguns princípios sobre resistência dos materiais e sobre o equilíbrio dos líquidos.
René Descartes (1596-1650) teorizou sobre a relatividade do movimento. Blaise Pascal (1623-1662) revolucionou as teorias sobre o vácuo, demonstrando as leis da pressão atmosférica. Christian Huygens (1629-1695) aperfeiçoou a teoria sobre a relatividade do movimento.
Isaac Newton (l642-1727) conceituou várias leis da mecânica, elucidando a inércia, a ação das forças e a gravitação do universo. Jean Le Rond D’Alambert (1717-1783) estudou a mecânica dos fluidos. Charles Coulomb (1736-1806) lapidou os conceitos sobre a resistência dos materiais.
À parte dessas contribuições teóricas, a Engenharia Mecânica derivou, de fato, da Engenharia Civil – a primeira de todas as engenharias. Os conhecimentos e a prática de ambas estiveram estreitamente ligados, desde o início.
Tanto que o primeiro profissional a se auto-definir como engenheiro civil – o inglês John Smeaton (1724-1792) – concentrara seus estudos em mecânica e astronomia. Nessa época também surgiu a primeira escola de engenharia, a École de Ponts et Chaussées, em 1747, em Paris.
Mas foi somente no século XIX e na Revolução Industrial, com a exploração massiva dos metais e ligas para utensílios e estruturas, que se corporificou e se definiu a Engenharia Mecânica (e, ao mesmo tempo, a Engenharia de Minas).
Com esse primeiro desmembramento da Engenharia Civil, o desenvolvimento das engenharias passou então a ser exponencial. No século XX, elas começaram a sofrer grande diversificação – da engenharia mecânica, por exemplo, surgiram, primeiro a engenharia química e, depois, a engenharia mecatrônica.
No Brasil, o berço da engenharia foi a Academia Real Militar, criada em 1810 por determinação de D. João VI.
Ainda no século XIX foram instaladas a Escola Politécnica do Rio de Janeiro (1874), a Escola de Minas de Ouro Preto (1876), a Escola Politécnica de São Paulo (1893), a Politécnica Mackenzie College (1896), a Escola de Engenharia do Recife (1896) e a Escola Politécnica da Bahia (1897). Nota-se, portanto, que prevalecia a formação do engenheiro politécnico.
Somente ao longo do século XX é que começaram a surgir as especializações. Primeiramente, além da engenharia civil, a mecânica, a elétrica, a cartográfica e a química.
Depois, outras tantas – a ponto de a engenharia brasileira terminar o século XX com cerca de trinta especialidades.
Engenharia mecânica, como o nome indica, lida com a mecânica de funcionamento de sistemas mecânicos. As várias funções que se inserem no âmbito deste ramo da engenharia são concepção, fabricação e manutenção de sistemas mecânicos. Para isso, utiliza-se várias leis da física aplicadas a diferentes sistemas para analisar seu desempenho e traçar caminhos para melhorar a sua eficiência.
Assim como engenheiros químicos se esforçam para fazer diferentes processos químicos, engenheiros mecânicos também se esforçam para fazer a produção e manutenção de máquinas diferentes, visando economia e eficiência.e alem disso engenheiros mecânicos também têm de lidar com um problema adicional, as máquinas concebidas e fabricadas por esses profissionais serão utilizadas pela comunidade em geral que não têm qualquer conhecimento sobre o seu funcionamento. Assim, eles terão de considerar a segurança e a durabilidade destas máquinas fatores também devem ser levados em consideração no projeto dessas maquinas.
Mecânica está encontrando mais e mais aplicações nos dias de hoje e em outras áreas da engenharia também. O mais significativo deles é o campo da robótica. A robótica tornou-se uma importante área de estudo devido ao fato de que os processos estão cada vez mais automatizados. Os engenheiros mecânicos também são responsáveis pela tarefa de projeção de robôs para linhas de montagem em diferentes ramos, o que alem de acelerar o processo de fabricação ainda diminui os gastos com mão de obra.
Engenharia Mecânica é uma disciplina da engenharia que aplica os princípios da física e da ciência de materiais para análise, concepção, fabricação e manutenção de sistemas mecânicos. É o ramo da engenharia que envolve a produção e utilização de calor e energia mecânica para a concepção, produção e operação de máquinas e ferramentas. É uma das mais antigas e disciplinas mais amplas da engenharia.
O campo de engenharia requer uma sólida compreensão dos conceitos fundamentais, incluindo a mecânica, cinemática, termodinâmica, ciência de materiais e análise estrutural. Engenheiros mecânicos usam esses princípios fundamentais, juntamente com ferramentas como a engenharia assistida por computador e gestão de ciclo de vida do produto para projetar e analisar plantas industriais, equipamentos industriais e máquinas, aquecimento e refrigeração, veículos motorizados, aeronaves, embarcações, robótica, equipamentos médicos e muito mais.
Mecânica emergiu como um campo durante a revolução industrial na Europa no século 19, entretanto, seu desenvolvimento pode ser rastreado até vários milhares de anos ao redor do mundo. O campo tem evoluído continuamente para incorporar os avanços na tecnologia e, hoje, os engenheiros mecânicos estão buscando a evolução em domínios como os compostos, mecatrônica, e nanotecnologia. Sobreposições de engenharia mecânica com engenharia aeroespacial, engenharia civil, engenharia elétrica, engenharia de petróleo em diferentes quantidades.

Conclusão

A Engenharia Mecânica apesar de ser apresentada como disciplina somente recentemente já existe há milhares de anos e tem evoluído constantemente junto com a humanidade, sua história deixou marcos importantes como, por exemplo, a invenção da roda que até hoje é considerada uma das maiores invenções já criadas pelo homem.
A Engenharia Mecânica proporcionou maior comodidade e agilidade em processos de fabricação alem de andar lado a lado com a evolução da tecnologia assim servindo de base para melhora em diversas áreas como por exemplo a medicina, a urbanização, etc.
Muito do que temos hoje em relação a comodidade, rapidez e facilidades em nosso dia a dia se devem ao fato da evolução da engenharia mecânica que hoje nos proporciona aviões, carros , eletrodomésticos e muitas outras coisas que possamos imaginar. Hoje em dia as criações da engenharia mecânica são praticamente uma necessidade para a sobrevivência da raça humana e é isso que faz da engenharia mecânica uma ciência tão importante para nós.



Deixe o seu comentário.

História da Engenharia Mecânica e Muito Mais


Parceiros - Ferramentas Gerais - L-Carnitina - Engenharia Brasil - Frases Curtas - Piadas Rápidas